Home Serviços Dicas Contatos

Se você pretende viajar com seu animal de estimação dentro ou fora de nosso país saiba algumas providências devem ser tomadas.

 

Para viagens nacionais é exigido um documento "G.T.A." (Guia de Trânsito Animal), que pode ser obtido das seguintes maneiras:

 

1. Com o Ministério da Agricultura, nos Aeroportos: Lá será exigido o Atestado de Saúde do animal emitido por um Médico Veterinário com validade de 3 (três) dias.

2. Com Médicos Veterinários credenciados pelo Min.da Agricultura: O veterinário credenciado somente emite o Atestado de Saúde e o G.T.A. após criterioso e abrangente exame clínico e as vacinas devem estar rigorosamente em dia. Para viagens internacionais somente o Min.da Agricultura emite o documento de trânsito e as exigências são: Atestado de Saúde expedido por Médico Veterinário e com ele em mãos, (dentro do prazo de 3 dias), procurar o Serviço de Sanidade Animal no Min. da Agricultura , e lá retirar o Certificado Sanitário Internacional. Obs: Alguns paises exigem que esse certificado seja protocolado no Consulado. A vacina anti-rábica deve ter sido aplicada a mais de 30 dias e a menos de 1 ano. O G.T.A. e o Certificado Sanitário Internacional são direcionais, portanto, numa viagem com retorno no dia seguinte, nova autorização deverá ser providenciada para a volta.

 

Transporte de Animais em aviões

Procedimentos para o transporte de animais a bordo das aeronaves.

 

A solicitação deve ser feita antecipadamente, no ato da compra do bilhete e realização da reserva. Independente de viajar na cabine ou no porão, os animais são sempre considerados bagagem acompanhada. O custo do transporte é determinado com base no peso total do container (incluindo o animal) e na tarifa de excesso de bagagem aplicada no trecho.

 

Transporte no porão:

• O passageiro deve colocar no container uma etiqueta com a identificação do animal nome e telefone do proprietário.

• Fêmeas grávidas não são aceitas.

• Filhotes com menos de 3 meses de vida não são aceitos.

• Utilizar sempre as rotas mais rápidas (para preservar o animal) e evitar viajar com animais nos feriados e finais de semana, quando a liberação dos mesmos em alguns aeroportos torna-se mais difícil.

 

Tabela com dimensões limite, conforme equipamento:

Transporte na cabine:

1. Somente são aceitos cães e gatos pequenos, em casos especiais.

2. Somente um container por classe e um animal por container, exceto animais de um mesmo dono.

3. O container não pode exceder as seguintes dimensões: 41x36x33cm.

4. É importante salientar que haverá prejuízo para os pés, local onde será acomodado o container.

5. Deverá ser preenchido o formulário PASS-82 (Solicitação para transporte de animais na cabine de passageiros).

 

Como Viajar com seu “PET”

Rua Alberto Leal, 551 • Pq Jabaquara • São Paulo/SP • Tel.: 5584 0707

Horário de atendimento:

Seg à Sex das 8h30 às 17h00 • Sáb das 8h30 às 13h00